Páscoa Literária

Saudações Literárias!
A Páscoa está chegando, você já se imaginou ganhando um ovo da Páscoa com um livro dentro? Talvez isso ainda seja uma realidade em nosso nicho, mas enquanto não existe esta possibilidade, vamos criá-la por aqui.
Hoje vamos trazer algumas manias de leitores, assim como eu e você. Veja se identifica com algumas delas... Ah... E não se esqueça de dar uma checada em nossa dicas literárias.


1º mania - Sublinhar os livros: Preparem-se, pois os três primeiros itens desta lista a bem da verdade são a mesma coisa, mas em gradações cada vez piores (ah, essa mania é minha). Sublinhar livros é uma coisa a espantar os ortodoxos e para muitos leitores é tão horripilante quanto o barulho da broca do dentista
Dica de leitura:
Gaia é uma historia envolvente que possui uma leitura gostosa e divertida, mistura realidade com fantasia, tem romance e aventura… Mostra o dilema de uma adolescente frente as tragédias de sua vida.


 A Roda da Vida, livro 1
O Templo Esquecido, livro 2

2ª mania - Rabiscar/anotar nos livros: Sublinhar já pode condenar alguém, entretanto, nem sempre basta. Às vezes é preciso mais do que sublinhar aquele excerto importante, e também anotar aquela ideia a ser trabalhada futuramente. Aliás, acho bastante solidária esta mania, como livros sempre rodam em mais de um par de mãos, tais históricos podem ajudar, sério! 
Dica de leitura:
A violência aumenta a cada dia que se passa. Muitas vezes perdemos as esperanças, aguardando saber quem será a próxima vítima. Nas ruas, vários heróis arriscam suas vidas, mas infelizmente não são reconhecidos, e ainda são criticados pelo que fazem.


Pela Editora EllA
3ª mania - Resenhar no próprio livro: Aí rompemos todas as raias do absurdo, entretanto confesso que o faço apenas quando interesse de pesquisador numa ou noutra obra, algo tipo uma boa parte da minha biblioteca.
 Dica de leitura:
Eamam é um mundo louco com elementos característicos da literatura fantástica, como elfos, anões e gnomos, além de goblins extraterrestres e ilhas voadoras. Raças distintas que se misturam, dividem território ou saem no aço. Um mundo onde existem reinos, cidades-Estado e povoados com seus governos leais ou corruptos, não raro os dois. Sabe como é, nem tudo são rosas.



4ª mania - Marcando com as orelhas: Calma pessoal, ninguém corta as orelhas não para fazer marcadores de livros... Brincadeirinha, a gente sabe de que orelhas estamos falando, e essa filio-me aos que ficam com os cabelos arrepiados, pois é ou não um verdadeiro crime marcar as páginas com as orelhas do livro?
  Dica de leitura:
Nunca pensei que houvesse qualquer esperança, mas três jovens infectados com as mentiras da guerra conseguiram enxergar através delas e precisaram questionar a si mesmos sobre suas próprias convicções, botando um novo significado ao lema do meu pai. "Nunca se torne o monstro que caça"


Pela Editora Ella
6ª mania - Leitor competitivo: Hum, vou dar paz aos livros para tratar duma mania que às vezes até a gente tem dificuldade de fugir e que está mais numa questão comportamental: o leitor competitivo, aquele que sempre tem uma referência melhor para dar, que leu mais livros que você, que leu coisas melhoras... esse é um leitor bastante "arrepilante". 
Dica de leitura:
Um homem de poucos amigos e que passa a maior parte do tempo entre o trabalho e sua casa. Tentando se recuperar do fim de um relacionamento há cinco anos. Sua vida começa a mudar quando encontra uma linda elfa, que está gravemente ferida e foge de um ser diabólico. Ela pertence a outra dimensão e veio para terra em missão para deter seres perversos que estão invadindo esse mundo. Baseada na mitologia nórdica, o livro narra uma história de guerra que se arrasta por milênios. Com romance, ação, drama e humor.


 Pela Editora EllA
7ª mania - Apaixonados/as por post-its: Arrepia especialmente aqueles leitores com certo toque com a inviolabilidade do livro. "A praga disseminada" que são os post-its transforma os livros quase numa árvore de natal pois não há limite para tudo aquilo que nos chama atenção na leitura. Contudo, é uma mania bem aceitável nos dias presentes, porém tem quem fique com cabelo em pé por causa desse costume.

Dica de leitura: 
Para muitos foi justo o que aconteceu com Tessalia, mas para ela não era questão de justiça e sim de ponte. A maternidade foi a ponte ela conseguiu se encontrar como um ser humano. A verdade é que a ponte leva até algum lugar, e lá tem choro, medo dor e pode acontecer que tropece, mas faz parte do caminho. Ela descobriu nos olhos de um pequeno ser indefeso o poder de vida e recomeço. Se acharam que ela ficaria no chão por muito tempo, se enganaram, ela não estava sozinha, e quem estava com ela era mais forte do que a morte.


Pela Editora EllA

Gostaram???
Experimente ficar um pouco mais com a gente, semana que vem tem mais!
A gente se vê num livro.
Bjs. 


Assessoria Adriana Vargas
Contato: assessoriadrianavargas
Assessora-se!

Nenhum comentário